Agende sua avaliação: (55) 3222.6612
Tratamentos corporais

Fisioterapia urogenital

A eficácia da fisioterapia nesta área tem muitas evidências práticas e científicas. A musculatura pélvico-perineal tem uma grande importância sobretudo na mulher, visto que desempenha a função de fixação e de sustentação dos órgãos pélvicos.

A reeducação perineal reagrupa diferentes técnicas fisioterapêuticas que são utilizadas com o objetivo principal de melhorar o controle e as qualidades do sistema vésico-esfincteriano. Modernas técnicas de reeducação fazem parte do pré-operatório e do pós-operatório de cirurgias ginecológicas e urológicas. Também é muito utilizada no pós-parto como um meio de prevenção para uma futura incontinência urinária.

Na incontinência urinária, a fisioterapia melhora a função esfincteriana da uretra e promove o equilíbrio das forças de expulsão e de retenção. Nos casos de instabilidade vesical, o paciente é educado para inibir os estímulos muito frequentes de micção e a controlar os horários e as vezes que se deve urinar.

Para pacientes com indicação de cirurgia ou que possuam prolapsos, o objetivo da fisioterapia é a reeducação perineal, a fim de garantir uma condição de assoalho pélvico que amenize os sintomas percebidos.

Durante a gestação, o grupo muscular que mais sofre modificações é o assoalho pélvico, necessitando assim a reabilitação para prevenir incontinências e os prolapsos de órgãos pélvicos.

A fisioterapia especializada aliada a estudos aprofundados e aparelhos modernos são essencialmente eficazes pois reabilitam a parte muscular do paciente e podem resolver definitivamente a perda constante de urina e fezes.

Para as mulheres que realizaram cirurgia de “levantamento de bexiga”, o fortalecimento muscular é fundamental para uma completa reabilitação do aparelho urinário. Também os homens necessitam dessa atenção fisioterápica após cirurgias de retirada de próstata, pois é importante reabilitar a musculatura esfincteriana.

Para que se tenha um tratamento global, que atinja resultados eficazes e satisfatórios, as técnicas de reabilitação perineal devem ser utilizadas pelo fisioterapeuta a partir do encaminhamento médico. Esta integração contribui para a saúde do paciente e a melhoria na sua qualidade de vida.